Início » Notícias » Alimentos para pássaros: o que oferecer aos bichinhos?
Pets

Alimentos para pássaros: o que oferecer aos bichinhos?

Ter uma alimentação balanceada é um dos principais passos para uma vida saudável e longa. Sendo assim, saber mais sobre alimentos para pássaros inclui entender qual é a melhor forma de proporcionar bem-estar aos amiguinhos e oferecer todos os nutrientes necessários. 

ave de pequeno porte com peito amarelo comendo alimentos para pássaros da mão de uma humana com vestes pretas, rosas e uma touca

Entretanto, muitas dúvidas podem surgir na hora de definir a dieta ideal. Afinal, existem várias opções de comidas de passarinho disponíveis, sejam rações, sejam frutas ou outros alimentos. Assim, para saber a melhor forma de manter sua ave bem nutrida, com a saúde em dia, não deixe de ler este texto até o final! 

Mix de sementes para pássaros: por que não alimentar seu pássaro com ele?

Durante muito tempo, acreditou-se que essa era a melhor opção entre os alimentos para pássaros. Ainda hoje, é possível se deparar com muitas páginas na internet que recomendam esse tipo de comida para passarinhos

Porém, sabe-se que as misturas de sementes para aves são inadequadas por uma série de motivos, a começar pelo fator nutricional: esse tipo de alimento não possui as proteínas, as vitaminas e os minerais adequados para toda e qualquer espécie de ave. 

Além disso, algumas sementes, como as de girassol, são muito ricas em gordura, o que contribui para a obesidade e outros problemas de saúde. A situação se agrava principalmente porque as misturas de sementes permitem que as aves selecionem apenas os grãos favoritos. 

A importância dos alimentos extrusados

Se as misturas de sementes são inadequadas, o que se pode oferecer às aves? Apesar do nome difícil, a resposta é mais simples do que parece. Estamos falando dos alimentos extrusados, que nada mais são do que aquilo que conhecemos como ração para pássaros

Feita com diversos ingredientes selecionados, moídos e esterilizados, essa comida costuma ser produzida para espécies específicas, atendendo às necessidades de cada uma. Além disso, graças ao processo de extrusão, cada partícula do alimento tem o mesmo valor nutricional. Assim, a dieta da ave será equilibrada. 

Entre as várias opções de alimentos para pássaros, a ração extrusada conta com a textura e o tamanho adequados para cada tipo de ave. Com isso, ela é ideal para evitar o desperdício de comida. 

ave pequena com mancha vermelha no rosto e peito amarelo degustando alimentos para pássaros de um comedouro em formato de casinha

A dieta das aves deve ser sempre à base de ração?

Os melhores alimentos para pássaros são aqueles que vão ao encontro das necessidades específicas dos animais. Sendo assim, para descobrir a melhor  forma de nutrir seu bichinho, consulte um veterinário. O profissional pode examinar seu pet, entender todas as exigências dele e indicar a comida ideal. 

Entretanto, de maneira geral, são recomendados alimentos extrusados, desenvolvidos especialmente para a espécie da ave em questão. Afinal, esse tipo de dieta considera as necessidades nutricionais, além de fatores como tamanho e textura, como já explicamos anteriormente. 

No entanto, alguns bichos podem demandar outros cuidados. Esse é o caso da comida para passarinho filhote, por exemplo. Em uma situação como essa, é mais indicado procurar um veterinário para ele recomendar a melhor papinha para o pequeno.

É sempre bom lembrar que os passarinhos filhotes costumam ser alimentados pelos pais a partir de regurgitação. Então, a menos que esteja cuidando de um bichinho abandonado, você não vai precisar se preocupar em dar comida para filhote de passarinho

Outros cuidados com a alimentação das aves

Além de escolher os alimentos para pássaros mais seguros para a saúde e a nutrição deles, é importante se precaver quanto à forma de oferecer a comidinha. Assim como os demais animais, cada pássaro tem cuidados especiais com a alimentação. 

Quantidade e frequência

Como dito anteriormente, apenas um profissional qualificado pode identificar as particularidades do mascote e definir uma rotina alimentar adequada. Por isso, o acompanhamento veterinário é essencial para determinar a quantidade e a frequência da alimentação da ave. 

Pássaros com problemas de saúde, como obesidade, por exemplo, devem comer menos que os demais. Sendo assim, apenas um especialista pode determinar o quanto seu pet deve ingerir. 

Cuidados com o comedouro

A comida da sua ave deve sempre ficar em local fresco, protegido do sol e da umidade. O ideal é alocar o comedouro no alto da gaiola para evitar a contaminação pelas fezes. Além disso, é muito importante manter a higiene do recipiente de comida em dia. 

Caso a ave não coma todo o alimento, ele pode ser descartado para não atrair insetos, e o comedouro pode ser higienizado para a próxima refeição. Lembre-se também de manter água limpa próxima do pet. 

Complementos nutricionais

Graças à melhora na qualidade dos alimentos, complementos nutricionais, como frutas e verduras, já não são mais uma necessidade. Inclusive, existem rações prontas que já vêm com pedacinhos de frutas! 

Isso não quer dizer que os pássaros não gostem desses alimentos ou que eles não possam ser dados de vez em quando. Uma dica é usá-los como petiscos durante o adestramento, sempre em quantidades moderadas. Antes disso, verifique com um veterinário quais frutas e verduras estão liberadas para passarinhos. 

Por Petz

Tags

Sobre o autor

Edna Antonowiski

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário