Início » Notícias » Gato com verme: 6 sinais de que seu pet está sofrendo com o problema
Pets

Gato com verme: 6 sinais de que seu pet está sofrendo com o problema

Um gato com verme é algo mais comum do que se imagina. Mesmo os bichanos que vivem dentro de casa não estão imunes ao problema e podem ser infectados por esse tipo de parasita. A contaminação do verme de gato normalmente ocorre a partir do compartilhamento de objetos ou contato com pets doentes. Para identificar o problema e receber o diagnóstico de um médico veterinário, o tutor deve observar os sinais de que o pet está sofrendo com vermes. Além da diarreia, que é o sintoma mais comum, existem outras coisas que podem ajudar o tutor a identificar a contaminação. Confira a seguir 6 sinais de gato com verme para ficar atento!

1) Gato com diarreia é o sintoma mais comum da contaminação por vermes

A diarreia em gatos é um sintoma que pode indicar muitas doenças, incluindo a presença de vermes no organismo. Isso ocorre porque os casos mais comuns dos vermes são intestinais. Quando os parasitas se alojam no intestino, o gato pode inclusive apresentar sangue nas fezes. Em alguns casos, os vermes podem ficar visíveis no cocô do gatinho, o que facilitará o diagnóstico. O uso de vermífugos para gato costuma resolver, mas é importante ficar atento a outros sintomas que podem comprometer a saúde do pet. 

2) O gato emagrecendo pode ter relação com a presença de vermes

A perda de peso também é um sintoma que pode estar associado a diversas doenças, incluindo a presença de verme. O tutor deve ligar o alerta, principalmente quando o gato começa a emagrecer repentinamente. Geralmente, o problema pode começar a ocorrer com outros sintomas associados, como a diarreia e o gato com falta de apetite.

3) Gato com a barriga inchada pode indicar vermes

O abdômen inchado em gatos também é um quadro que pode estar associado à presença de vermes no organismo. Mas assim como outros sintomas, ele também pode ocorrer em outras doenças, como ascite felina, doença que ocorre quando há acúmulo anormal de líquido no abdômen do felino. Por isso, o diagnóstico de verme deve ser feito com a junção de alguns sintomas comuns à contaminação.

4) Gato arrastando a bunda no chão: vermes causam desconforto na região anal

Dependendo da quantidade de parasitas no organismo, o gatinho pode estar expelindo vermes com frequência, o que pode fazer ele tentar se coçar arrastando o bumbum no chão. O felino ainda pode tentar aliviar a coceira arrastando a bunda em móveis e outros objetos da casa. Muitas vezes, os vermes podem ser vistos nos pelos próximos ao rabo, se assemelhando a um grão de arroz. O comportamento do gato arrastando a bunda no chão também pode estar associado a alergias e desconfortos momentâneos.

5) Glândula adanal do gato inflamada pode ocorrer com a diarreia frequente

As glândulas adanais dos gatos ficam próximas a região do ânus, mas não costumam ficar visíveis. Elas servem para secretar o líquido que ajuda o pet a marcar território. Embora devam funcionar normalmente quando o gato está saudável, elas podem sofrer ficar inflamadas. Quando o bichano está sofrendo com diarreia por muitos dias e não recebe tratamento, ele pode ter problemas na glândula adanal. Por isso, em casos de vermes, um sintoma acaba puxando o outro. Apesar de parecer um problema pouco complicado, nenhum tipo de tratamento caseiro é indicado. O ideal é levar o pet ao veterinário para que ele receite a medicação mais apropriada para a situação do felino.

6) Gato com verme também pode vomitar

O gato com verme também pode sofrer com vômitos. Assim como ocorre na diarreia, os vômitos também podem apresentar a presença dos parasitas. É importante sempre analisar o conteúdo expelido pelo felino para checar se não tem nada anormal. Existem vários tipos de vômito de gato e observar o líquido pode ajudar no diagnóstico.

Por Patas de Casa

Tags

Sobre o autor

Edna Antonowiski

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário