Início » Notícias » SETE DICAS PARA MELHORAR A SUA SAÚDE MENTAL
Bem-Estar

SETE DICAS PARA MELHORAR A SUA SAÚDE MENTAL

ESTAR RODEADO DE BONS AMIGOS, CUIDAR DO CORPO E TER UM HOBBY SÃO BONS PASSOS PARA EVITAR A DEPRESSÃO, A ANSIEDADE E OUTROS PROBLEMAS DE SAÚDE MENTAL

Será que a sua saúde mental está em dia? Estresse, ansiedade e depressão são alguns dos transtornos cada vez mais prevalentes no mundo todo, provocados, em parte, por um estilo de vida focado no trabalho e no uso constante de redes sociais. Neste ano, a pandemia de COVID-19 é mais um fator que prejudica o nosso bem-estar, exigindo cuidados redobrados.

De acordo com um estudo publicado este ano por pesquisadores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), estima-se que 30% dos adultos em todo o mundo atendam aos critérios de diagnóstico para transtornos mentais. No Brasil, pesquisas recentes mostraram que os transtornos depressivos e de ansiedade correspondem à quinta e sexta causas de anos de vida vividos com incapacidade.

O QUE É BOA SAÚDE MENTAL?

Os cuidados com a saúde mental não devem ser adotados apenas quando estamos nos sentindo deprimidos, estressados ou ansiosos. Eles devem ser constantes e tão valorizados quanto os tomados com a saúde física.

A boa saúde mental é um estado de equilíbrio que nos ajuda a dormir e comer bem, a ter relacionamentos mais positivos, a fazer coisas que queremos e a nos sentir melhor de forma global. Além disso, ela nos ajuda a lidar com problemas e crises no futuro. Com o tempo, também pode reduzir o risco de condições de saúde física.

Há muitas coisas que podemos fazer para cuidar da nossa saúde mental. Veja, abaixo, algumas dicas:

DICAS PARA UMA MELHOR SAÚDE MENTAL

1 – Cuide do seu corpo

Adotar hábitos saudáveis para o corpo aprimoram a saúde mental. Eles incluem:

● Manter uma dieta balanceada e nutritiva

● Manter-se bem hidratado

● Não fumar

● Praticar exercícios, o que ajuda a combater a ansiedade, a depressão e o humor

● Mantenha um sono regular e renovador

2 – Evite o consumo de álcool e outras drogas

O consumo de substâncias psicoativas, principalmente quando abusivo, aumenta consideravelmente as chances de desenvolver transtornos mentais, segundo o Ministério da Saúde. Por isso, se você já tiver problemas de saúde mental, o uso delas pode agravar a situação. Além disso, essas substâncias causam problemas degenerativos no cérebro.

3 – Mantenha boas relações com as pessoas ao seu redor

Esteja cercado de pessoas que te fazem bem. A interação social é um fator que protege contra problemas de saúde mental — principalmente o contato direto e presencial. Procure estar perto de pessoas positivas, nas quais você confie e que te apoiem.

4 – Trabalhe com a realidade e com o presente

As nossas expectativas podem gerar ansiedade, principalmente em tempos incertos, quando imprevistos podem prejudicar os nossos planos. Portanto, é importante adequá-las ao que realmente é possível. Planejar aprender um idioma em poucos meses, por exemplo, pode não ser realista se você trabalha o dia todo. Portanto, faça planejamentos que estejam de acordo com as suas possibilidades e viva um dia após o outro.

5 – Elimine as fontes de estresse

O estresse faz parte da vida e é preciso aprender a lidar com ele. Para isso, várias estratégias podem ser adotadas, como praticar yoga, tai chi, caminhar pela natureza ou brincar com um animal de estimação.

Mas, além de aprender a lidar com ele, também é importante eliminar da sua vida as fontes de estresse extremo. Notícias, por exemplo, podem ser um gatilho, assim como conversar com pessoas negativas.

6 – Dedique um tempo para você

Ouça música, leia livros, veja filmes, cuide de animais e plantas, tome um banho longo e relaxante, mantenha um diário, tenha um hobby… todos esses hábitos vão fazer bem para a sua saúde mental.

7 – Não se cobre tanto

As cobranças do estilo de vida moderno são intensas, mas é preciso resistir à tentação de fazer tudo com perfeição. Nenhum trabalho, curso ou relação vale a sua saúde física e mental. Portanto, respeite os seus próprios limites.

Por Nutricia

Tags

Sobre o autor

Edna Antonowiski

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário