Selecione a Cidade

#Esporte

Corrida mais tradicional da Fórmula 1, Grande Prêmio de Mônaco será disputado neste fim de semana.

 

A oitava prova do ano, nas ruas de Monte Carlo, onde os carros passam muito perto do muro e qualquer erro pode causar acidentes, será marcada por novas homenagens à Ayrton Senna.

 

Isso porque o brasileiro, cuja morte completou 30 anos neste mês, é, até hoje, chamado de “Rei de Mônaco”. Graças às seis vitórias de Senna no circuito.

 

Destaque para a McLaren, equipe pela qual o brasileiro conquistou seus três títulos mundiais.

 

Excepcionalmente, ela vai abandonar o laranja e terá carros nas cores verde e amarelo.

 

Seus dois pilotos, os jovens Lando Norris e Oscar Piastri, ainda usarão capacetes com homenagens à Senna.

 

Isso tudo num momento no qual todas as atenções, na Fórmula 1, estão voltadas para a McLaren, que cresceu de produção e tenta ameaçar o domínio da Red Bull.

 

Na última corrida, na Itália, Max Verstappen venceu, porém com uma vantagem de menos de um segundo sobre Lando Norris, que tinha vencido a prova anterior, em Miami.

 

A largada para o GP de Mônaco será domingo, 10h da manhã no horário de Brasília.

 

Imagem: Divulgação McLaren

Quer receber em primeira mão nossas principais notícias e reportagens?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *