Selecione a Cidade

#Polícia

Um homem de 19 anos, suspeito de integrar grupo especializado em crimes de pedofilia e compartilhamento de material pornográfico infantil, foi preso em Campinas (SP) na manhã de ontem, terça-feira (28). A Polícia Civil cumpriu três mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão nos municípios em Campinas e Hortolândia.

 

Os agentes do 11º Distrito Policial de Campinas deram cumprimento aos mandados de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na Internet, que foram noticiados pela Polícia Federal. As investigações ainda contaram com o apoio de informações da ONG National Center For Missing And Exploited Children (“NCMEC”).

 

Os criminosos atuavam em plataformas de jogos online, utilizando códigos e palavras-chave para se reconhecerem. A partir dos sinais, eles migravam para outros aplicativos e passavam a compartilhar conteúdo sexual envolvendo crianças e adolescentes.

 

No endereço do detido, os policiais civis localizaram dois celulares, um computador e documentos. Dentro dos aparelhos, foram encontrados alguns vídeos de pornografia infantil, bem como compartilhamentos dos conteúdos com outras pessoas.

 

O suspeito confessou o crime e foi preso em flagrante. Os objetos localizados durante a diligência foram apreendidos e encaminhados ao Instituto de Criminalística de Campinas para perícia.

 

Nos endereços dos mandados de busca, nada foi encontrado. A Polícia Civil já identificou e trabalha na localização dos outros suspeitos integrantes do grupo.

 

O caso foi registrado como possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo; associação criminosa; cumprimento de mandado de busca e apreensão; cumprimento de mandado de prisão temporária e oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar no 11º DP de Campinas.

 

*Governo de SP

Quer receber em primeira mão nossas principais notícias e reportagens?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *