Selecione a Cidade

#Esporte

Charles Leclerc, da Ferrari, venceu o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1 e entrou para a história.

 

Foi a primeira vez que um piloto nascido no local cruzou a linha de chegada em primeiro, naquela que é a prova mais tradicional da categoria.

 

Leclerc largou na frente e, como em Mônaco é difícil ultrapassar, foi perseguido o tempo inteiro, mas não foi superado por Oscar Piastri, da McLaren, que terminou em segundo.

 

Carlos Sainz, da Ferrari, completou o pódio, em terceiro.

 

A parada nos boxes poderia ser uma chance de Piastri ultrapassar Leclerc. Só que um acidente grave, logo na primeira volta, mudou tudo.

 

Sergio Perez, da Red Bull, e os dois pilotos da Haas, Kevin Magnussen e Nico Hulkenberg, se chocaram.

 

A corrida ficou paralisada por cerca de 40 minutos, período no qual os carros da ponta fizeram a troca de pneus obrigatória. Depois, seguiram sem entrar nos boxes até o fim.

 

O atual tricampeão da Fórmula 1, Max Verstappen, da Red Bull, começou e terminou a corrida em sexto.

 

Com isso, Leclerc entrou na briga pelo título deste ano. Ele ocupa agora segundo lugar, com 138 pontos, 31 a menos que Verstappen.

 

A próxima prova será o Grande Prêmio do Canadá, dia nove de junho.

 

Imagem: Internet/Redes Sociais

Quer receber em primeira mão nossas principais notícias e reportagens?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *