Selecione a Cidade

#Polícia

Três homens, de 36, 32 e 31 anos, morreram em ação da Força Tática, ontem à noite, na MT-423 que liga Sinop a Cláudia. Segundo informações da Polícia Militar, os três são investigados por darem apoio ao autor do assassinato do sargento da PM, Odenil Alves Pedroso, 47 anos, morto a tiros na terça-feira (28) em Cuiabá.

 

Segundo o boletim de ocorrência registrado, as equipes de Sinop receberam informações que o Hyundai Creta com os suspeitos estaria deslocando pela BR-163 sentido Sinop. Após patrulhamento o veículo foi identificado e empreendeu fuga sentido Cláudia.

 

Ainda conforme a PM, o veículo entrou em uma região de mata, houve o confronto e os três acabaram alvejados. Eles foram socorridos pelas próprias equipes e encaminhados ao hospital regional de Sinop, mas não resistiram. Foram apreendidos três revólveres e um rádio transmissor.

 

Em checagem, os policiais constataram que o trio possui diversas passagens, por roubo, porte ilegal de arma de fogo, sequestro e cárcere privado, receptação e outros. Os corpos passarão por exames de necropsia e identificação oficial.

 

Ontem (29) à noite, a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá confirmou que identificou o executor do assassinato do sargento. Segundo a Polícia Civil, durante as diligências investigativas ininterruptas, que contaram com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá, as equipes da DHPP localizaram a motocicleta, o capacete, botinas e uma jaqueta utilizados pelo criminoso no momento da execução. Ele segue foragido.

 

*Com informações Só Notícias
Imagem: Fernando Itamir/Sinop Urgente e Reprodução

Quer receber em primeira mão nossas principais notícias e reportagens?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *