Selecione a Cidade

#rodovias

Foram recolhidas mais de 160 toneladas de lixo na BR-163/364 entre janeiro e abril de 2024. São carcaças de pneus, embalagens plásticas, vidro, papel e outros objetos diversos que foram encaminhados pela Nova Rota do Oeste, responsável pela rodovia entre Itiquira e Sinop, para o descarte correto. Em sintonia com o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 05 de junho, a Concessionária mantém o compromisso com a natureza e com os usuários da rodovia.

 

As equipes de tráfego da Concessionária realizam inspeções 24 horas por dia na rodovia e durante o trajeto recolhem todo o tipo de objeto na pista, acostamento e faixa de domínio. Além do foco ambiental, a medida é uma ação de segurança viária, visto que os objetos descartados podem atingir veículos e causar sinistros rodoviários. Vale reforçar que o Código Brasileiro de Trânsito prevê que jogar lixo às margens da rodovia é crime punido com multa e pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

 

Das 160 toneladas de lixo recolhido este ano, 106 toneladas são de resíduos recicláveis, como restos de pneus (pneumáticos) e embalagens plásticas, e foram levadas para empresas ou cooperativas de reciclagem parceiras da Nova Rota.  Os pneumáticos representam 51% do volume total dos objetos e são encaminhados a empresas licenciadas para serem triturados e depois utilizados como insumo para produção de concreto ou massa asfáltica. Outras 54 toneladas de material que não pode ser reaproveitado foram destinadas aos aterros sanitários.

 

O gerente de sustentabilidade da Nova Rota, Wilmar Manzi, reforça o compromisso da Concessionária em minimizar os impactos ambientais. “Além da gestão adequada do lixo descartado na rodovia, com foco ambiental e prevenção de acidentes, seguimos buscando otimizar o uso dos recursos energéticos e hídricos e respeitar a biodiversidade mato-grossense. Em todas as nossas ações, estamos olhando para a preservação do meio ambiente”.

 

 

 

O trabalho de sustentabilidade:

Comprometida com uma rodovia mais sustentável, a Nova Rota segue investindo no uso de energia solar. Parte das câmeras que compõem o sistema de monitoramento da Concessionária, painéis móveis de mensagens variáveis (PMVs) e o sistema de iluminação usado na Serra de São Vicente são alimentados por placas solares.

 

Com a proximidade com o período de seca e estiagem, a Nova Rota segue monitorando os focos de incêndio florestal ao redor da rodovia e recentemente adquiriu cinco novos caminhões-pipa, em substituição aos cinco veículos mais antigos, que ficam à disposição para combate imediato a princípios de incêndios às margens da BR-163/364, bem como prestar apoio ao Corpo de Bombeiros em casos que demandam uma atuação especializada contra o foco.

 

A Concessionária também atua incentivando o uso de carros movidos a energia elétrica na rodovia com a disponibilização de totens de carregamento elétrico gratuito a todos os usuários. O objetivo é a redução das emissões que impulsionam as mudanças climáticas.

 

Confira os pontos de recarga para veículos elétricos na rodovia:

  • Rondonópolis – SAU 02, km 73 da BR-163
  • Santo Antônio de Leverger – SAU 06, km 338,6 da BR-364
  • Várzea Grande – SAU 08, km 434,6 da BR-364
  • Diamantino – SAU 12, km 546,9 da BR-163
  • Lucas do Rio Verde – SAU 14, km 640,7 da BR-163
  • Sorriso – SAU 17, km 784,7 da BR-163
  • Sinop – SAU 18, km 834,9 da BR-163

 

Prêmios: Todo este trabalho rendeu à Concessionária reconhecimentos como o 1º lugar no Prêmio Via Viva 2023, realizado pelo Governo Federal, por meio do Ministério dos Transportes, e a ‘Classe A’ no Índice de Desempenho Ambiental (IDA), da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

 

*Nova Rota do Oeste

Quer receber em primeira mão nossas principais notícias e reportagens?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *