Selecione a Cidade

#Estado

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) enviou uma nova equipe formada por 11 bombeiros e quatro cães farejadores, para apoiar as operações de buscas nas cidades atingidas pelo desastre natural no Rio Grande do Sul. A equipe deixou o Estado com destino a Porto Alegre, na sexta-feira (07).

 

Os bombeiros seguem por meio terrestre, com previsão de chegada na segunda-feira (10). A previsão inicial é que fiquem no Rio Grande do Sul até o dia 21 de junho.

 

Para apoiar as atividades, a equipe está levando quatro viaturas, sendo uma em especial destinada para o transporte dos cães, além de uma variedade de equipamentos e suprimentos essenciais para as operações de busca, localização e extração de vítimas. Isso inclui materiais de reposição, como uma bateria para um caminhão, e itens de sapa e descontaminação.

 

O comandante-geral do CBMMT, coronel Alessandro Borges Ferreira, explicou que nas primeiras etapas das ações de resposta às enchentes no Rio Grande do Sul, o foco principal foi estabelecer uma estrutura ágil para realizar o resgate de pessoas ilhadas e atender as necessidades humanitárias imediatas.

 

“Nessa fase inicial, utilizamos embarcações como barcos e jet skis para acessar os locais de difícil acesso e retirar as pessoas que estavam isoladas pelas inundações. Agora que as águas já baixaram, entramos em uma segunda etapa dos esforços, concentrando nas buscas por vítimas desaparecidas. Para essa tarefa, estamos aumentando o número de profissionais especializados em busca, assim como para lidar com estruturas colapsadas. A ordem do governador é de continuar essas operações até que não seja mais necessário, garantindo que possamos fazer tudo o que for preciso para localizar as vítimas dessa tragédia”, disse o comandante-geral.

 

De acordo com o comandante da operação, major André Luiz Dechamps, a equipe está preparada e a meta é ser o mais produtivo possível para alcançar o objetivo da ida, que é prestar o apoio nas operações neste momento tão crítico.

 

“Estamos com uma equipe bem treinada e preparada para apoiar os esforços de resposta no RS. Embora seja uma área distinta da que estamos acostumados, temos total confiança na capacidade dos nossos militares de contribuir de forma produtiva. E sabemos que o desastre passa por diferentes fases, com a necessidade de uma atuação contínua para solucionar os diversos problemas que surgem. Por isso, a chegada da nossa equipe é fundamental para dar continuidade ao trabalho iniciado pelo primeiro grupo. Vamos buscar obter todas as informações relevantes e avançar a partir do ponto em que a operação anterior parou, garantindo a efetividade das ações a longo prazo”, falou o major.

 

Apoio em buscas, combate e salvamento

O Corpo de Bombeiros de Mato Grosso (CBMMT) tem prestado assistência em diversas operações de resgate e combate a emergências, tanto dentro como fora do Estado.

 

Em 2023, o CBMMT enviou equipes especializadas, para auxiliar nas buscas e resgates de pessoas desaparecidas no Rio Grande do Sul, após um forte ciclone extratropical atingir a região.

 

Anteriormente, em 2019, a corporação também participou das operações de resposta ao rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais, onde as equipes atuaram nas ações de busca e salvamento.

 

Já em 2022, o CBMMT deslocou reforços para apoiar as operações após os deslizamentos de terra ocorridos em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

 

Também em 2023, o CBMMT destacou um grupo de bombeiros para colaborar no combate aos incêndios florestais no Canadá.

*Corpo de Bombeiros Militar de MT

Quer receber em primeira mão nossas principais notícias e reportagens?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *